sexta-feira, 17 de março de 2017

Após um ano do lançamento do Imac, balanças serão instaladas até abril em frigorífico


Seis meses após a previsão de instalação, as balanças do novo sistema de pesagem de carcaças em frigoríficos de carne bovina em Mato Grosso devem iniciar as operações em uma planta frigorífica de Tangará da Serra no mês de abril. O governador Pedro Taques anunciou nesta quarta-feira, 08 de março, a liberação de R$ 900 mil para o Instituto Mato-grossense da Carne (Imac) para que "o Instituto possa praticar suas ações".


O Imac foi lançado no dia 02 de março de 2016, durante o InterCorte, evento este, inclusive, que ocorre nesta semana em Cuiabá. Ainda durante o lançamento, foi apresentado o Selo de Qualidade da Carne mato-grossense a embalagem do produto.
 
A previsão inicial era que o novo sistema de pesagem de carcaça tivesse implantação em julho de 2016 e posteriormente foi passado para setembro. De acordo com o presidente do Imac, Wagner Bachi, "até o final de abril as balanças devem ser instaladas".
 
Durante a abertura da edição 2017 do InterCorte, nesta quarta-feira, 08 de março, o governador Pedro Taques anunciou que o Governo de Mato Grosso repassou R$ 900 mil para o Instituto. Taques pontuou que "tivemos problemas" que foram resolvidos, dentre eles com as balanças, uma vez que elas são importadas.
 

“Nós queremos exportar carne e não boi. Foi para isso que criamos o Imac. O Imac busca a consolidação entre Estado, produtores e indústria frigorífica para que possamos fazer com que essa cadeia esteja sempre ligada”, destacou Taques.

 
O governador salientou que ainda em março 20 mil Cadastros Ambiental Rural (CAR) serão validados pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e que a partir de abril dois mil cadastros serão validados por mês. "Nós precisamos do CAR para a certificação do Imac", observou Taques.
 
O Imac foi instituído por meio da Lei n° 10.370/2016 e é formatado no exemplo do Instituto Nacional de Carnes do Uruguai (Inac). A ideia de implementar em Mato Grosso partiu do governador Pedro Taques, durante viagem ao Uruguai em outubro de 2015.
 
O presidente da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), Marco Túlio Duarte, revela que existe uma grande "ansiedade no que diz respeito aos produtores e ao mercado quanto a implantação efetiva do funcionamento do Imac". Ele completa dizendo que "hoje, a gente vê que isso está muito próximo".
 
"Precisamos fazer com que o mercado enxergue que a nossa carne é diferente. Que a nossa carne é melhor. O Imac vem fazer essa contribuição de parametrizar", diz Marco Túlio.


Fonte: olhardireto.com.br